Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Artigo de opinião
Sex Nov 04, 2011 10:42 pm por Cassimiro

» Estudos lingüísticos
Qua Set 23, 2009 6:51 pm por Cassimiro

» COMO ELABORAR SEU TRABALHO ESCOLAR
Qui Jun 04, 2009 8:07 pm por Cassimiro

» Paulo Freire
Seg Jan 05, 2009 2:40 pm por Cassimiro

» Alguns tipos de metodologias pedagógicas
Qui Out 30, 2008 8:42 pm por Cassimiro

» Bate-papo inicial.
Qui Out 30, 2008 6:00 pm por Cassimiro

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar

Estudos lingüísticos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Estudos lingüísticos

Mensagem  Cassimiro em Qua Set 23, 2009 6:51 pm

Integrar os estudos lingüísticos, seus usos e implicações sociais em um contexto escolar, é ir além da normatividade, é interagir com a linguagem cotidiana. O estudo da língua em suas manifestações cotidiana, ou seja, os gêneros textuais que circulam no meio social no qual os aprendizes estão inseridos, a notícia, a reportagem, a receita, os quadrinhos, as crônicas, os panfletos, entre outros.

Ao observamos o uso que os autores fazem da língua nesses gêneros textuais, estaremos relacionando o conceito de adequação da língua — estruturalismo X normativismo. Partindo do pressuposto que cada gênero tem uma função social, e que cada autor além de observar essa função, ele também leva em consideração o público alvo.

Quando passamos a perceber o público alvo, fica mais clara a questão da adequação lingüística, pois percebemos que o nível de formalidade/informalidade da língua utilizado nesses textos, está diretamente ligado a sua função e público alvo. Pois se a linguagem não esta adequada ao nível de letramento do público alvo, o texto perde sua função, não transmitindo a mensagem que deu origem a sua criação.

Quando criamos nos aprendizes a concepção que suas produções textuais têm uma função social que vai além do ensino/aprendizagem da língua, e que ele o utiliza em seu dia-a-dia, fica claro para os mesmos a necessidade de adequação lingüística, tanto na fala quanto na escrita. E se os mesmos percebem que a escola não está para dizer que ele aprendeu a falar e escrever “errado”, e sim que existe adequações ao nível de linguagem usada por eles em determinadas situações sociais, ele começa a compreender o porquê de estudar a norma padrão da língua e seus usos e manifestações, procurando então compreender e passar a utilizar cada vez mais em seu cotidiano a língua padrão, adequando sua linguagem as situações de comunicação, na qual esta inserida, construindo assim sua identidade linguística enquanto cidadão.


Por Cassimiro sjc 25/09/09[b]
avatar
Cassimiro
Admin

Número de Mensagens : 8
Idade : 44
Data de inscrição : 30/10/2008

Ver perfil do usuário http://cassimiro.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum